1996 Vol. 62 Ed. 2 - Março - Abril


1 Exposição a Ruído Ocupacional e Pressão Sangüínea.
         Artigos Originais
         Airton Kwitko Raul Guilherme Pezzi Marcelo Scarpellini da Silveira

2 Estudo da Associação entre Epistaxe e Gravidade da Hipertensão Arterial Sistêmica.
         Artigos Originais
         José Faibes Lubianca Neto * Markus Bredemeier ** Eduardo Franco Carvalhal *** Cristina Antonini Arruda *** Eduardo Estrella *** Aline Pletsch **** Flávio Danni Fuchs *****

3 Cirurgia Combinada Craniofacial para Tumores Malignos do Nariz e Seios Paranasais - Resultados.
         Artigos Originais
         José Antônio Pinto * Henrique Cesar Felippu Pinto * Alexandre Felippu *

4 Padrão e Comportamento das Metástases Cervicais do Carcinoma e Laringe e de Hipofaringe.
         Artigos Originais
         Marcos Brasilino de Carvalho * Josias de Andrade Sobrinho, Abrão Rapoport * António Sérgio Fava, Jossi Leda Kanda, Carlos Neutzling Lehn, José Chacra Júnior, Fernando Walder, Marcelo Menezes Sérgio L. C. Negri.

5 Mediastinite como Complicação dos Abscessos Cervicais Profundos: as Vias de Propagação.
         Artigos Originais
         Luiz Ubirajara Sennes * Domingos Hiroslli Tsuji * Rui Imamura ** Luiz M. M. Sancho *** Laerte Brasiliense Fusco ****

6 Abscesso Cerebral como Complicação de Otite Média Crônica.
         Relato de Casos
         Aracy Pereira Silveira Balbani * Ronaldo Carvalho Santos Júnior * Ivan Dieb Miziara **

7 Infecção por "Paracoccidioides Brasiliensis" com Manifestações Orais e em Lóbulo Auricular, Controladas por Ketoconazol.
         Relato de Casos
         Ivan Dieb Miziara * Alex Shin Yamamoro **

8 Cordoma Cervical: Revisão de Literatura e Apresentação de Caso Clínico.
         Relato de Casos
         Pinto, J. A. * Iwamura, S. K. *

9 Surdez Súbita em Policondrite Recidivante
         Relato de Casos
         Josiane Faria de Aguiar*, Adolfo Egídio Lovadino Crocomo*, Paulo Takayama Jr.*, Pedro Ricardo Dias**, Luis Gabriel Covelli Marcondes***.

10 Como proceder em cirurgia de timpanoplastia, onde o estribo encontra-se fixo?
         Pergunta
         Dr. Mauro Coletes

Voltar Voltar      Topo Topo

 

GN1
All rights reserved - 1933 / 2017 © - Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico Facial