ISSN 1806-9312  
Sábado, 2 de Julho de 2022
Listagem dos arquivos selecionados para impressão:
Imprimir:
127 - Vol. 22 / Edição 4 / Período: Julho - Outubro de 1954
Seção: Várias Páginas: 333 a 333
REVISTA DE ENSINO AO SURDO
Autor(es):
-

Sob os auspiciós da "Associação Brasileira de Professores de Surdos", acaba de aparecer no Rio de janeiro, o primeiro numero da "Revista de Ensino ao Surdo", cuja finalidade é congregar os médicos, diretores de institutos para surdos, os pais e outros estudiosos e cientistas que se ocupam com as questões relativas aos surdos, à sudez e à língua humana, todos de baixo de uma orientação moderna para a reabilitação do surdo.

A revista bater-se-á pela realização dos fins estabelecidos pela "Associação Brasileira de Professores de Surdos", cujo principal escopo será sempre o problema do ensino, destacando-se a didatica especial ao surdo, tendo como ponto central a linguagem humana.

As possibilidades de ensino ao surdo aumentaram grandemente na época atual, com a utilização dos modernos aparelhos elétricos, principalmente os instrumentos de ampliação sonóra.

Com êsses valiósos contingentes, elétricos aliados ao melhor conhecimento dos mecanismos da linguagem, é provavel que a educação dos surdos tome vasto impulso e poderá alcançar novos e inesperados níveis de progresso.

Com os nossos efusivos cumprimentos á "Associação Brasileira de Professores de Surdos", pela sua brilhante e patriótica iniciativa, colocamos à sua disposição a nossa colaboração sincera, principalmente no sentido de divulgação.

Aos que desejarem tornar-se sócios da "Associação Brasileira de Professores de Surdo" ou assinar a "Revista de Ensino ao Surdo" (trimestral e Cr$ 30,00 anual), queiram escrever para a Diretoria dessa associação, à rua Cardoso Junior, 280 (Laranjeiras) Distrito Federal.
Indexações: MEDLINE, Exerpta Medica, Lilacs (Index Medicus Latinoamericano), SciELO (Scientific Electronic Library Online)
Classificação CAPES: Qualis Nacional A, Qualis Internacional C


Imprimir:
Todos os direitos reservados 1933 / 2022 © Revista Brasileira de Otorrinolaringologia